Exposição noturna à luz azul está ligada ao ganho de peso em mulheres

Exposição noturna à luz azul está ligada ao ganho de peso em mulheres

Além de atrapalhar o sono, novas pesquisas já demonstraram que uma exposição excessiva à luz azul também pode levar ao ganho de peso, isso principalmente em mulheres. Para deixar mais claro, dormir com a TV ligada ou com outro tipo de luz, por exemplo, pode fazer com que uma determinada mulher ganhe algo em torno de cinco quilos ao longo de cinco anos, de acordo com um estudo que foi publicado na revista médica JAMA Internal Medicine. 

Por mais que não pareça uma quantidade grande para cinco anos, fique sabendo que o valor pode sim fazer muita diferença. Todavia, por que será que isso acontece? Continue aqui para saber mais. 

Você também pode gostar: Como curar diabetes naturalmente

Relação entre a luz azul e o ganho de peso

Vale ressaltar que durante o estudo mencionado acima, pesquisadores analisaram dados de quase 44 mil mulheres com idades entre 35 e 74 anos nos Estados Unidos. Eles basicamente se concentraram nos hábitos de sono e se elas dormiam ou não com alguma luz azul ligada. 

O resultado foi que aquelas que relataram dormir com a TV ou com alguma outra luz acesa eram mais propensas a ganhar cinco quilos ao longo de cinco anos, em comparação com as outras que dormiam totalmente no escuro. O risco dessas mulheres com maior exposição à luz azul durante a noite se tornarem obesas era também 30% maior. 

A pesquisa foi capaz de descobrir que a luz azul acaba perturbando o ritmo cardíaco das mulheres e, consequentemente, supre a melatonina – hormônio que diz ao cérebro quando é hora de dormir. Dessa forma, o que acontece é que o cérebro, sem a melatonina, engana o corpo para que ele pense que ainda é dia, ou seja, não é o momento de dormir. 

Leia mais: https://blog.ligadasaude.com.br/como-curar-diabetes-tipo-2/ 

Entretanto, isso é algo péssimo tanto para o seu sono quanto para a sua saúde, como você já deve imaginar. A exposição noturna excessiva à luz azul tem sido associada a outros sérios riscos à saúde, incluindo diabetes, doenças cardíacas, perda de visão e câncer. 

Mas, então, como é possível se proteger dessa luz azul e evitar ao máximo que ela cause esse problema do ganho de peso? Confira abaixo.

Como se proteger da superexposição à luz azul?

Para começar, uma dica importante é deixar o seu quarto o mais escuro possível na hora de dormir. Desconectar todos os eletrônicos desnecessários nesse momento e investir em uma cortina pode fazer a diferença.

Além disso, não se esqueça de deixar de lados todos os seus dispositivos eletrônicos pelo menos duas horas antes de dormir. Se duas horas não for viável para você, então tente fazer isso o quanto antes conseguir, certo? Desconectar-se antes é fundamental para preparar realmente o corpo para dormir. 

É claro que existem várias outras dicas para ficar longe da exposição à luz azul durante a noite, principalmente perto da hora de dormir, mas essas que foram dadas são as principais entre elas. Sendo assim, coloque-as em prática para conseguir melhorar a qualidade do seu sono e evitar o ganho de peso que foi percebido durante a pesquisa.