Porque você deve vender seu consórcio para quitar dividas

Você fica deprimido toda vez que olha para a taxa de juros de 25% em sua dívida de cartão de crédito, mas ainda mantem um consórcio que nem deseja mais ou que está precisando mesmo desistir?

Então você precisa vender esse consórcio, você deve pagar sua dívida, já que ela pode estar sugando seu orçamento.

A matemática simples sugere que provavelmente é melhor pagar a dívida em vez de vender um consórcio para aumentar o seu fundo de emergência ou, nesse caso, economizar para outras preocupações mais distantes, como a aposentadoria. Confira abaixo a explicação da Consórcio na Web de porquê você deve vender seu consórcio para pagar uma divida toxica em sua vida.

Acabar com a dívida tóxica primeiro

Depois de estabelecer suas economias básicas ao vender meu consórcio, concentre-se em quitar suas dívidas tóxicas, como empréstimos, cartões de crédito com taxas de juros superiores a 15%, financiamentos de carro ou de imóveis.

Você deve se concentrar neles primeiro, porque suas altas taxas de juros podem consumir seu orçamento e criar uma espiral de dívida.

Uma calculadora de pagamento de dívidas permitirá que você veja quando você fica sem dívidas com seus pagamentos atuais e quanto mais rápido você pode se livrar de dívidas se pagar mais a cada mês.

Também é importante saber quando você pode precisar de ajuda. Você pode ser um bom candidato ao alívio da dívida se:

  • Você está lutando para atingir seus pagamentos mínimos e não vê como resolver sua dívida em cinco anos.
  • Sua dívida total não garantida e é superior a metade da sua receita bruta.

Ferramentas como um plano de gerenciamento de dívidas de uma agência de aconselhamento de crédito podem ajudá-lo a se aposentar mais rapidamente.

Em seguida, faça uma poupança e evite adquirir mais dividas

Com sua dívida tóxica sob controle ao vender meu consórcio, você pode aumentar as reservas de caixa e economizar na aposentadoria enquanto trabalha para pagar o restante da dívida.

Se você estiver colocando apenas o suficiente no seu plano de aposentadoria para obter a correspondência, poderá adicionar mais. Trabalhe até economizar 15% de sua renda bruta para a aposentadoria.

Empréstimos para estudantes, cartões de crédito com taxas de juros de 15% ou menos, ou empréstimos para automóveis, podem ser formas mais fáceis de gerenciar dívidas, mas ainda é importante fazer um plano para pagar o que você deve.

Você pode acelerar as coisas com algumas dicas úteis para pagar sua dívida mais rapidamente, incluindo a redução de despesas do seu orçamento, a realização de algum trabalho paralelo para angariar dinheiro extra e explorar a consolidação da dívida.

A abordagem ideal

A melhor solução poderia ser encontrar um equilíbrio entre economizar o dinheiro de uma venda de consórcio e pagar dívidas.

Você pode estar pagando mais juros do que deveria, mas economizar para cobrir despesas repentinas o manterá fora do ciclo da dívida.

Além disso, ter economias suficientes proporciona tranquilidade. É improvável que algumas pessoas se sintam à vontade com qualquer estratégia que faça com que suas economias caiam abaixo de um determinado nível. Para eles, economizar e pagar dívidas ao mesmo tempo pode ser a melhor abordagem.

Toda situação de poupança versus dívida é caso a caso, se você cliente tem um fluxo de caixa excedente, a melhor coisa a fazer é pagar suas dividas e o que sobrar, colocar em uma poupança.

Para muitas pessoas, vender consórcio pode ser a solução que falta para trazer mais tranquilidade a sua vida financeira, e de quebra eliminar dividas e criar uma poupança boa pensando no futuro.