Depilação a Laser – Como funciona?

Pelos indesejáveis são um problema estético que podem trazer incômodos a seus portadores. Uma forma de eliminação rápida, e com efeitos duradouros e desejada por homens e mulheres, é a depilação a Laser.

Mesmo pilosidade normal, como a da axila e virilha, por causa dos costumes, acaba se transformando em problemas com a frequente necessidade de se submeter a processos desagradáveis e pouco eficientes de remoção.

Outro problema são as dermatites, geradas pela simples presença do pelo ou por sua retirada com os métodos convencionais. Uma nova tecnologia, com o uso da energia luminosa vem sendo oferecida para tratar a pilosidade normal e anormal indesejável LASER e LIP- LUZ INTENSA PULSADA.

O princípio é utilizar a propriedade da luz e, assim destruir não só o pelo, mas também o folículo (local onde ele é produzido). A Fotodepilação com o LASER e a LUZ PULSADA, deve ser considerada não apenas um processo de depilação, mas de tratamento dos pelos indesejáveis. Com as novas técnicas de LASER, uma atividade prosaica, como a eliminação da pilosidade, ganha ares de alta tecnologia, trazendo o homem e a mulher para a realidade de futuro, antes só idealizada. O tratamento de pelos é eficiente, mas muitos mitos criados devem ser esclarecidos para que os resultados sejam realistas.

A Depilação é Definitiva?

Depilação com os LASERs é definitiva para a maioria dos pêlos tratados, mas o termo Depilação Definitiva não é apropriado, pois pressupõe que, uma vez tratado, nunca mais existirá qualquer pelo. Isto é um mito, erroneamente criado, porque nenhum equipamento de LASER ou LUZ PULSADA, hoje disponível no mundo, é capaz de realizar uma depilação definitiva de todos os pelos; muitos equipamentos, porém, conseguem chegar muito próximo da depilação definitiva, sendo necessário a manutenção.

Podemos esperar, com os tratamentos de depilação com os LASERs, além de uma diminuição definitiva dos pelos, mudanças favoráveis de suas características, com a pilosidade tornando-se mais finas e mais claras e com menor índice de complicações, como infecções e irritação da pele.

Mas a ideia de que, com uma única aplicação de LASER, um homem, com barba cerrada, nunca mais vá precisar fazer a barba, ou que uma mulher, com grande quantidade de pelos nas pernas, nunca mais vá precisará eliminá-los, é absolutamente fantasiosa. Entretanto, os efeitos do tratamento são muito eficientes a curto, médio e longo prazo, associados a uma série de sessões e à manutenção, trazendo resultados que não conseguem ser obtido por nenhum dos antigos métodos de depilação, sendo responsáveis pela verdadeira explosão da técnica em todo o mundo.

Como age o LASER na Depilação. O pelo é gerado por uma estrutura chamada de folículo piloso. Os pelos têm a capacidade de crescer até certo ponto e podem cair e ser eliminados espontaneamente. Quando um pêlo é eliminado espontaneamente, outro novo é gerado pêlo próprio folículo piloso. E é por esse motivo que, quando se faz a depilação por qualquer um dos métodos convencionais, os pelos crescem novamente em quantidade, espessura e cor iguais, ou até mesmo aumentadas. As fases de crescimento do pelo têm um ciclo de atividade. Este ciclo de crescimento do pelo possui 3 fases- anágena, catágena e telógena.

Os pelos são eliminados na fase anágena, quando existe uma concentração maior de melanina (cor) e contato com as estruturas do folículo piloso, o que permitem a sua destruição. Por esse motivo, são necessárias várias aplicações em intervalos distintos para cada região.

A ação seletiva do LASER sobre o pêlo

O uso do LASER para depilação vem sendo estudado há poucos anos. O princípio de ação do LASER é a Fototermólise Seletiva, o que significa que algumas estruturas do corpo captam mais calor e energia do que outras, quando submetidas a exposição da luz. No caso da depilação, a Melanina (cor), presente no pelo, recebe a maior parte da energia, enquanto a pele recebe menos. A Melanina é uma substância escura e, por isso, capta mais a luz. Existem diversos equipamentos emissores de luz, capazes de realizar a fototermólise seletiva, cada um com características próprias que o fazem agir sobre um cromóforo (estrutura).

Por exemplo: os que atingem a cor negra realizam a depilação e os que atingem a cor vermelha realizam o tratamento de pequenos vasos e varizes. Existem outras características; estas se baseiam no Tempo de Relaxamento, ou seja, algumas estruturas se recuperam melhor do calor e são preservadas, enquanto outras se recuperam pior e são destruídas. Estas características, e outras, como tempo do pulso, cumprimento de onda e outras complexas propriedades da Física Óptica é que permitem a Fototermólise Seletiva.

Assim é que existem muitos tipos LASERs e também outros tipos de emissores de energia, chamados de LUZ INTENSA PULSADA.
A consulta inicial, recomendações, duração do tratamento e número de sessões.

Antes de qualquer tratamento com LASER e LUZ PULSADA o paciente deve se submeter uma avaliação criteriosa. Nesta avaliação inicial, serão estudados a área a ser tratada, costumes do paciente, tipo de pele, se o paciente se encontra em algum tratamento, etc, a propor a melhor técnica de LASER ou de LUZ PULSADA a ser utilizada; vai ser dada uma estimativa, aproximada, do tempo de duração de cada tratamento e número total, aproximado, de sessões necessárias e as necessidades de sessões de manutenção.

Vai também fazer recomendações ao paciente para os dias que antecedem à aplicação dos LASERs, para evitar problemas no tratamento. Existe, no Brasil, a Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, que reúne os profissionais que se dedicam aos tratamentos e às pesquisas sobre LASER e LUZ PULSADA em várias áreas.

Duração do tratamento

A duração de um tratamento pode ser de alguns minutos a 1 hora, ou mais, e vai depender da área a ser tratada. O número de tratamentos requeridos depende de vários fatores relacionados a tipos específicos de pelo e de pele.

Número de sessões

Não é possível dar uma estimativa exata. Com a experiência do profissional, avaliando o paciente, poderá ser dada uma programação muito aproximada dos resultados e numero de sessões esperadas.