Big Data e sustentabilidade: impacto no meio ambiente

Big Data e sustentabilidade: impacto no meio ambiente

Em 2020 vimos como nosso planeta disse o suficiente e nos fez parar, recalcular e de alguma forma questionar o que e como estávamos fazendo isso. Olhando para 2021, não são poucos os negócios que consideram ser sustentáveis ​​e reduzir seu impacto sobre o meio ambiente. Nessa linha, o investimento em inovação e tecnologia permite que as empresas sejam mais eficientes no manuseio e gerenciamento de seus dados , o que lhes permite tomar melhores decisões sobre estoque, logística e muitas outras áreas que impactam diretamente na pegada que deixam no planeta.

Os dados e principalmente o Big data ajudam a entender o verdadeiro impacto de cada ação no negócio e de cada organização no meio ambiente. Big data é uma prioridade e um ativo fundamental nas organizações que buscam modelos de negócios inovadores, o design de novos produtos e a criação de valor compartilhado.

A análise e o processamento de dados são a chave para a sustentabilidade do negócio, mas requerem suporte Conhecimento, para saber quais informações extrair dos dados; iniciativa, para determinar com base em previsões qual é a melhor e mais sustentável decisão a tomar; e empenho, para apelar à colaboração de toda a rede de contatos na concretização de objetivos comuns.

Veja também – O que são Passivos Ambientais?

Big data: objetivos sustentáveis

A intuição há muito não é uma opção, o mesmo acontece com o bom senso, que fica aquém da objetividade de um dado. E, assim, pode-se dizer que tudo tem impacto e que todo impacto tem que ser medido.

A análise e gestão de dados favorece três aspectos fundamentais:

  1. Edição m : levantamento de métricas com base nos dados que disponibiliza para qualquer empresa.
  2. COLABORAÇÃO: aumento do potencial de impacto, por meio da criação e manutenção de links.
  3. TRANSPARÊNCIA: compartilhando métricas de desempenho com os usuários mais relevantes.

O grande impacto potencial do big data na sustentabilidade é apoiado por estas ideias:

  •  Tomar medidas significativas sobre a sustentabilidade corporativa requer uma compreensão de todos os impactos que o mundo dos negócios e o mundo natural têm um sobre o outro.
  •  O mundo dos negócios não para de ganhar em complexidade, devido à riqueza das interações que ocorrem no dia a dia entre consumidores e empresas e entre fornecedores e mercados.
  •  O mundo natural é ainda mais complicado, com quatro elementos envolvidos ativamente: pessoas, ecossistema, recursos e clima.

Hoje, tudo pode ser conhecido e analisado. Outros aspectos são avaliados na seleção de um fornecedor. Você pode aprender como os resíduos são gerenciados em toda a cadeia de abastecimento. É possível determinar a maneira exata como os consumidores usam um produto.

A qualidade e as informações disponíveis são o modo de gerenciamento mais eficiente. Coletar dados que ilustrem a forma como uma empresa atua é a melhor forma de entendê-la e a única forma de otimizar seus resultados, pois o que não é medido não pode ser melhorado.

Um ecossistema sustentável 

Criar seu próprio ecossistema de negócios é reduzir o impacto no meio ambiente. Esta ideia consiste na colaboração com fornecedores e clientes, proporcionando um espaço comum para a troca de ideias e conhecimentos, um espaço para criar e inovar . A partir dessa plataforma, é possível buscar a contribuição e a responsabilidade conjunta com a sustentabilidade do negócio, vendo em quais áreas pode fazer a diferença e até onde cada uma está disposta a ir.

Empresas como IKEA ou Nike já demonstram compromisso e comportamento responsável com o meio ambiente. É o que o consumidor pede, mas ao mesmo tempo é o que o negócio precisa.

Virar as costas ao planeta significa muito mais do que ignorar a demanda do mercado, é caminhar para o desaparecimento dos recursos.

Os dados, os big data e as análises feitas com eles têm o potencial de transformar a maneira como as empresas entendem o impacto da sua atividade no meio ambiente e também podem atuar nos hábitos dos consumidores. Além disso, como já vimos, podem ajudar as empresas a se adaptarem às mudanças e a saírem mais fortes desta crise e das futuras.

Transporte marítimo: carro-chefe da mercadoria

Transporte marítimo: carro-chefe da mercadoria

No comércio internacional podemos encontrar diferentes tipos de meios de transporte. Isso varia de acordo com o tipo de mercadoria e o trajeto que deve percorrer até o destino.

O que é transporte marítimo?

É facilmente dedutível de seu nome, mas podemos defini-lo como a ação de levar mercadorias por mar a um determinado ponto geográfico por meio de um navio. As mercadorias transportadas por navio representam 80% das transações mundiais, tornando-se o meio mais utilizado no comércio internacional.

Vantagens do transporte marítimo

Apresentamos algumas vantagens deste meio de transporte marítimo:

Armazenar

O transporte marítimo oferece uma capacidade de armazenamento e transferência muito maior do que outros meios, como trem ou caminhão. Grandes volumes introduzidos em navios podem ser transportados para pontos distantes uns dos outros. Estima-se que os navios de grande porte transportem mais de 500.000 toneladas.

Segurança

As condições meteorológicas podem fazer com que outros meios de transporte sejam atrasados ​​ou mesmo cancelados. No caso dos navios, graças à sua resistência e robustez, permitem navegar em circunstâncias mais desfavoráveis.

Variedade

Outra vantagem é que os navios podem transportar mercadorias de qualquer natureza. Esta é uma das diferenças mais substanciais se a compararmos com outros meios de transporte, como o aéreo, em que não é possível movimentar carga líquida.

Desvantagens do transporte marítimo

Como todos os meios de transporte também existem algumas coisas que não são totalmente boas, iremos dizer-lhe:

Burocracia

O processamento, principalmente se falamos de alfândega, é extenso e pode atrasar as entregas.

Clima

Embora o transporte marítimo seja um dos meios preferidos de muitas empresas, é verdade que os prazos de entrega são alongados devido às grandes distâncias que separam cada porto.

Tipos de Transporte Marítimo

Existem diferentes tipos de navios mercantes, dependendo da mercadoria que transportam.

Carga geral

É o mais simples dos navios. É utilizado para o transporte de cargas secas e soltas, pois não é capaz de transportar contêineres. Dentro delas existem guindastes que realizam o embarque e desembarque da mercadoria.

Navio porta-contentores

São fabricados para o transporte de contêineres marítimos. Este tipo de navio mercante representa 50% das transações marítimas. Essas embarcações são carregadas e descarregadas por guindastes todas as mercadorias. Um fato curioso sobre esse tipo de comerciante é que eles são altamente automatizados, portanto, a força de trabalho gira em torno de 10 a 15 pessoas.

Graneleiros

Como o primeiro navio, este navio é responsável pelo transporte de cargas soltas como minerais ou cimento. É dividido em vários armazéns e descarregado com máquinas especializadas que agilizam o processo.

Geladeira

Eles são usados ​​para transportar mercadorias que precisam de refrigeração para serem preservadas de forma otimizada. Consequentemente, a velocidade do movimento deve ser essencial. São feitos na cor branca para refletir os raios solares e assim evitar o aquecimento.

Óleo e gases liquefeitos

Eles são projetados para transportar o óleo para as fábricas onde é tratado. Existem grandes navios chamados “superpretoleros” que podem transportar até 2 milhões de barris. O navio destinado ao transporte de gases liquefeitos é construído de forma que os gases sejam armazenados em reservatórios esféricos a baixas temperaturas e altas pressões. Como os demais navios mencionados acima, devem ser descarregados com maquinário especializado.

São muitas as vantagens que o transporte marítimo oferece. É um meio que sustenta grandes movimentos e que sustenta grande parte da economia global. Não hesite e treine nisso.

Economize custos de publicidade nas redes sociais: Encontre o seu público-alvo

Economize custos de publicidade nas redes sociais: Encontre o seu público-alvo

As redes sociais não devem ser vistas apenas como uma plataforma de comunicação, mas agora também são muito populares para fins publicitários. Aqui, há um papel de liderança nos anúncios direcionados. 

Um anúncio eficaz interage com o respectivo grupo-alvo na Internet e também atrai novos clientes em potencial – até onde vai a teoria. Infelizmente, a prática costuma ser bem diferente.

Você provavelmente conhece a situação: você investe em publicidade online, mas não consegue ver nenhum aumento nas vendas ou nos clientes. Resumindo: o orçamento de publicidade é desperdiçado. Para que isso não aconteça com você no futuro, você encontrará muitas dicas úteis neste artigo para evitar custos desnecessários e otimizar sua publicidade.

O exemplo a seguir ilustra o problema mencionado acima: Um cliente potencial é o proprietário de uma loja de sapato social masculino. Apesar de o público-alvo ser conhecido e, portanto, a publicidade apropriada ser direcionada aos clientes potenciais, o resultado esperado ainda não foi alcançado. 

No curso posterior, verifica-se que o grupo-alvo são homens com 20 anos ou mais. Quando questionada se ele se enxergaria como uma potencial compradora de calçados, ele responde que não, pois já tem o suficiente  em casa. Portanto, embora corresponda à descrição de seu próprio grupo-alvo, ela não está mais interessada neste tópico.

No campo da publicidade online, investimentos financeiros grandes, mas não lucrativos, infelizmente são feitos com muita frequência e um grande dispêndio de tempo. 

Os anúncios são veiculados para um público amplo, mas isso significa que também há muitas pessoas entre eles que não têm nenhum interesse no respectivo produto ou serviço. Um grupo-alvo definido corretamente é responsável por 50% do sucesso de uma campanha publicitária em redes sociais.

Características especiais da definição do grupo-alvo

1. Custo por clique

Nas redes sociais, o custo de um clique depende da taxa de cliques do anúncio. Quanto mais alto for esse parâmetro em comparação com seus concorrentes, mais barato será o clique. Por exemplo, dois anúncios correspondentes podem diferir significativamente no custo por clique, com uma ligeira diferença na taxa de cliques.

2. Divida o grupo alvo de acordo com os parâmetros

A definição do grupo-alvo ainda está pendente para uma nova campanha publicitária que deve ser lançada em breve. Estas são mulheres com 55 anos ou mais. Esta é certamente uma descrição inicial do grupo-alvo, mas é definida de forma muito imprecisa. 

Você pode esperar muitas impressões, mas apenas algumas conversões. Consequentemente, a taxa de cliques provavelmente será muito baixa. Mesmo que sua propaganda atenda aos interesses de uma ampla variedade de pessoas, é improvável que ela atraia a atenção de meninas de 25 anos e de homens de 45 anos ao mesmo tempo. 

Cada pessoa é diferente, nunca se deve esquecer isso. Portanto, o direcionamento de cada campanha deve ser refinado. Propomos dividir o grupo-alvo de acordo com os seguintes parâmetros:

  • Interesses
  • Comportamento
  • Local de residência
  • Gênero sexual
  • Idade etc.

Um anúncio personalizado e relevante deve ser exibido para cada segmento. Mas também tenha em mente que você nunca será capaz de cobrir a personalidade complexa de uma pessoa 100%.

Um grupo-alvo específico é definido para o anúncio: mulheres jovens interessadas em ioga e provavelmente grávidas. Claro, é difícil dizer se você está grávida com base nos interesses e no comportamento dos usuários. Mas você pode experimentar essa segmentação como parte de uma fase de teste.

Você pode criar um novo anúncio para cada idade nas configurações do grupo de anúncios. Como resultado, o preço de um lead em um anúncio tão segmentado é significativamente reduzido, aumentando o número de clientes.

É assim que você pode encontrar seu grupo-alvo online

Aqui está uma lista de verificação para ajudá-lo a escolher o público certo e criar o anúncio mais eficaz:

1. Determine sua meta de publicidade

Em geral, os seguintes objetivos são definidos:

  • Maximize as conversões : seus anúncios são direcionados a um determinado número de vendas, reservas online, ligações e formulários preenchidos no site.
  • Conscientização da marca : você deseja que seus anúncios sejam vistos pelas pessoas que mais se lembrarão de sua marca.
  • Tráfego : essa meta é projetada para levar as pessoas ao seu site ou incentivá-las a usar seu aplicativo.

2. Descreva seu cliente potencial

levando em consideração os objetivos de publicidade. Pense enfaticamente e coloque-se no lugar de seus clientes. Com quais problemas seu cliente tem que lidar todos os dias? Como você pode ajudar o cliente a resolver esses problemas?

3. Encontre o “porquê” do cliente

Em quais casos um cliente estará interessado em sua oferta, produto ou serviço? Neste ponto, você já pode classificar seu grupo em três segmentos.

O objetivo da campanha publicitária é estimular o cliente a fazer o pedido da mercadoria na loja. O algoritmo para criar um anúncio é o seguinte:

Quem pode solicitar esse produto?

O público-alvo pode presumivelmente ser definido como “mulheres com 18 anos ou mais”. No entanto, nem todos exigem esses produtos.

Se você publicar o mesmo anúncio para todas as mulheres, espere muitas impressões, mas poucos cliques. O custo de um clique ( CPC ) será muito alto.

Em vez disso, vamos considerar em quais casos e para quem este produto pode ser de interesse:

  • Mulheres que gostam de produtos artesanais . Portanto, ofereça seus produtos a essas mulheres para complementar seu visual com tiaras e chapéus aconchegantes e aconchegantes.
  • Mães com filhos pequenos . Você poderia receber uma faixa para a cabeça em um visual de casal.
  • Fashionistas que preferem fazer compras online e querem comprar algo único em lã. Nesse caso, você pode mencionar novamente no texto do anúncio que os chapéus e tiaras são únicos.

Você pode então subdividir o público-alvo por localização geográfica. O display também deve mostrar claramente os métodos de pagamento e prazos de entrega, dependendo da região. Por exemplo: “Sapatos masculino da vocca. A entrega ocorre de 2 a 3 dias úteis. “

9 aplicativos para melhorar o engajamento do seu Instagram

aplicativos engajamento do Instagram

Conforme revelaram as tendências de marketing digital do ano, nossas formas de comunicação estão evoluindo. Não compartilhamos mais nossas experiências como fazíamos há alguns anos; o vídeo ficou com a parte do leão. Este formato permite criar uma comunicação mais humana e calorosa.

O Instagram sabe disso muito bem. Esta plataforma se adaptou rapidamente às necessidades do público. Após o sucesso do Facebook Live, ela integrou vídeos ao vivo em seu aplicativo. 

Conteúdo com data de validade, vídeos ao vivo, bumerangues, imagens, mensagens privadas, ‘hashtags’, filtros… Você realmente sabe como gerenciar sua conta? Se você não contou com a ajuda de um influenciador para cuidar do seu perfil, você mede a carga de trabalho que tudo isso representa.

Conheça abaixo 9 aplicativos para gerenciar seu perfil e para te ajudar a como aumentar o engajamento no instagram.

9 melhores aplicativos para Instagram

1.  Prime

Horários: para os gerentes de comunidade, esta é uma das questões mais espinhosas. A que hora do dia alcançarei a maioria das pessoas? Em que horas eles serão mais receptivos? Como posso ter certeza de que meu público-alvo vê minhas postagens? Prime é um dos melhores aplicativos de análise de tempo para Instagram.

Ele lhe dará dicas para organizar e planejar suas publicações. Empregando um algoritmo de processamento de dados para determinar quando seus usuários estão online, seus hábitos e suas atividades de conta.

O Prime então lhe dirá o horário ideal para o seu conteúdo ser mais visível. Este aplicativo também permite que você planeje suas postagens e acompanhe as postagens anteriores. Você terá dados concretos sobre o alcance de seu conteúdo e as reações que ele provoca. Além disso, se você baixar este aplicativo em inglês, poderá usá-lo gratuitamente.

2.  Publish

Publish é um dos aplicativos para Instagram que também possui uma versão desktop. Este aplicativo permite que você poste no Instagram e no Twitter simultaneamente. Suas características são próximas às do Prime. O Publisher calcula os melhores horários do dia para publicar com base na atividade de seus seguidores, para que você alcance o número máximo de curtidas e comentários. Ajuda a reprogramar ou repassar o conteúdo que funcionou bem. Sua ‘interface’ de desktop permitirá que você:

  • Tenha uma visão geral de suas publicações em duas redes sociais (Instagram e Twitter);
  • Conheça os melhores horários para lançar seu conteúdo;
  • Arraste e solte imagens do seu computador.

3.  Repost

Repost é um aplicativo do Instagram que permite repassar o conteúdo a outros usuários, indicando a fonte. É o equivalente a um retuíte no Instagram.

Um pequeno ‘banner’ especificando o nome do autor da postagem original aparecerá na imagem que você está repostando.

O texto da postagem menciona automaticamente o nome do usuário que criou o conteúdo. Esta ferramenta é muito útil para ganhar credibilidade. Os usuários confiam nas recomendações e conselhos de outros usuários mais do que na conversa interna das marcas.

Qual a melhor maneira de ganhar a confiança de seus seguidores compartilhando as experiências de outros usuários com sua marca? Seu conteúdo pode ser promocional. Os usuários que não trabalham para a sua marca ainda os compartilharão porque é a sua vontade, como bons defensores da marca.

4.  Postgrain


Postgrain é uma ótima ferramenta para gerenciar várias contas; é um aplicativo perfeito para gerenciar vários perfis. Ele permitirá que você crie conteúdos e planeje agendas de publicação, tanto de seu notebook quanto de seu computador desktop.

Ponto forte do Instamizer: você pode programar com um mês de antecedência.

Antes de postar seu conteúdo, o aplicativo fornece ferramentas de edição online para editar suas imagens e adicionar texto. Graças ao dispositivo de geolocalização integrado ao aplicativo, você não terá que se preocupar em modificar sua postagem mais tarde.

5.  INK 361

Entre a infinidade de aplicativos para Instagram, encontramos o INK361, que agrupa os seguidores por círculos. Esta ferramenta segmenta facilmente seus alvos no Instagram.

Você pode criar álbuns e gerenciar seu conteúdo por gosto e o aplicativo se encarrega de classificá-los por colunas. Também é muito útil para analisar a atividade de seus concorrentes no Instagram:

  • O número de postagens que eles compartilham;
  • Seu número de seguidores;
  • O número de curtidas por fotografia;
  • O feedback que eles recebem.


INK361 o ajudará a organizar suas ideias e saber como agir com cada grupo de usuários.

6.  Layout

Layout é uma ferramenta desenvolvida pelo Instagram para fazer colagens de fotos. Ele foi lançado para atender a uma necessidade: o Instagram identificou um pedido e criou seu próprio aplicativo com muitos recursos para fazer as melhores colagens.

Você pode fazer montagens de seus álbuns ou fotos tiradas na hora, já que o Layout possui uma função “câmera” para fazer colagens instantâneas, sem ter que
sair do aplicativo para tirar uma foto.

7.  Flipagram

Flipagram é o aplicativo perfeito para quem quer tirar o máximo proveito de seus vídeos e torná-los originais. Você pode editar seus vídeos no aplicativo ou criar pequenos filmes que parecem uma apresentação de slides.

Você também pode integrar a música de fundo de sua escolha para trazer as nuances que deseja. Flipagram é gratuito e está disponível para Windows Phone, Android e iOS.

8. Quick

Aplicativos como o Quick serão de interesse para empresas que implementam estratégias orientadas para o visual. Por exemplo, restaurantes ou jogadores de gastronomia que desejam publicar belas fotos acompanhadas de textos.

Esta é uma boa ferramenta para quem usa o Instagram como uma vitrine de seus produtos; em particular, eles podem indicar os preços em suas imagens.

9.  VSCO

VSCO é um dos aplicativos do Instagram mais famosos entre os amantes da fotografia. Possui um grande número de filtros pré-determinados para modificar as suas fotografias e dar-lhes um toque diferente que irá agradar às novas gerações.

Você pode ajustar o brilho, nitidez ou contraste, entre outras configurações. Vários recursos permitem que você dê uma aparência vintage  às suas fotos. Entre as funções adicionais, é possível editar fotos em seus álbuns ou tirar fotos a partir do aplicativo. É gratuito e está disponível para Android e iOS. Dito isso, um grande número de filtros pode ser adquirido para adicionar novos efeitos.

Como preparar um estoque em logística

Um dos momentos mais temidos em um warehouse ao longo do ano é o inventário anual, ou “parede a parede”. Se a empresa não estiver realizando inventários cíclicos, chega um momento em que é necessário interromper e fazer a contagem geral dos estoques ou a gestão dos estoques , cumprindo assim a obrigação legal de avaliá-los anualmente.

Prepare um inventário

Para minimizar o tempo gasto com estoque e garantir sua eficiência, existe apenas um truque: BOA PREPARAÇÃO . E podemos alcançá-lo da seguinte maneira:

  • Codificação da mercadoria: todas as mercadorias devem ser codificadas de acordo com o mesmo sistema. Os produtos que não incluem o código em si ou em suas embalagens devem ser codificados antes do inventário. É contado por referência, não por descrição.
  • Enfrentamento: Consiste em colocar toda a mercadoria segundo uma lógica que auxilia na contagem:
    • Agrupe as caixas ainda lacradas ou completas, de forma que a contagem seja tão rápida quanto contar o número de caixas e multiplicar pelo número de unidades que o recipiente contém.
    • Marque as caixas abertas, agrupe as unidades para preencher as caixas inteiras ou deixe apenas uma. Eles devem ser claramente visíveis e distinguíveis daqueles que não foram abertos.
    • Coloque as caixas em linhas ou colunas com a mesma quantidade, deve ser possível contar à primeira vista quantas caixas existem. Linhas x colunas x unidades / caixa = unidades totais
  • Locais vazios: Muitas unidades não são perdidas, elas viajam. Revendo os locais que segundo o sistema estão vazios fará aparecer muitas unidades que podem ser adicionadas ao resto do estoque daquela referência. Deve ser feito alguns dias antes do inventário.
  • Obsoleto: Se houver pouco movimento, é mais difícil haver variação no estoque. Alguns dias antes do inventário, podemos:
    • Obtenha uma lista de obsoletos
    • Verifique o último movimento. Normalmente, o que não foi vendido em 1 ano está obsoleto. Se o último movimento foi antes ou durante o último inventário, pode ser deixado sem contagem.
    • Agrupá-los em uma área do depósito tornará mais fácil retirá-los do estoque e melhorará o uso do espaço.
    • Identifique este material como obsoleto ou fora de estoque, para que não haja dúvidas naquele dia se deve contá-lo ou não.
  • Revisão das referências que podem dar origem a erro: as referências que costumam causar erros de picking também irão produzi-los no estoque. Identifique-os e indique em sua localização como devem ser contados. Por exemplo: “1 bolha = 1ud”

Outras considerações importantes ao fazer um inventário:

  • Seja claro sobre a metodologia . Quanto melhor soubermos como funciona o software ou sistema usado para refletir o inventário, mais fácil será preparar e executar, evitando surpresas de última hora.
  • Estabelecer prioridades: O inventário anual cumpre dois objetivos, confirmar o valor da mercadoria no sistema e confirmar as unidades, mas o tempo para fazê-lo é limitado. Portanto, você deve ser claro sobre suas prioridades. A realização de uma análise ABC do depósito por localização pode ajudá-lo a decidir por onde começar. Não é necessário começar na parede direita e terminar na esquerda, tem-se que fazer uma boa gestão dos recursos e contar o máximo valor possível no menor tempo. Por exemplo, em um depósito de estantes tradicional, cada altura de cada face de cada corredor pode ser avaliada. Classificando-os por valor, teríamos uma prioridade clara na contagem e começaríamos com aqueles com maior valor.
  • Equipe: Nem todos nós somos bons em tudo. É importante deixar claro antes do inventário quem fará o quê. Trata-se de fazer rápido e bem, conhecer o staff e colocá-lo em um espaço onde ele possa desempenhar seu melhor papel, fará com que ele se sinta mais confortável e tudo se desenvolverá bem e com rapidez.
  • Equipamentos: devemos ter clareza sobre quais recursos temos e como solucionar a falta de equipamentos caso ela ocorra.
    • Equipamentos de manuseio: certifique-se de que deixam o carregamento no dia anterior, veja como afeta ter ou não a ordem de contagem estabelecida e se é necessário ajustar essa ordem.
    • Equipamento de radiofrequência: verifique a quantidade de baterias, todas devem estar carregadas. Cada trabalhador deve ter um terminal. Cuidado com as mudanças de cronograma de estoque, poderíamos ter operadores sem equipamentos.
    • Folhas de contagem: se for necessário escrever algo à mão, tenha algumas folhas à mão. Numerados, peça a cada um que assine o seu e anote o número atribuído a cada pessoa para se certificar de que, quando o inventário terminar, estão todos.
    • Caneta e calculadora para todos, sem exceção.
    • Treinamento prévio: Lembre-se do objetivo, da metodologia, a quem recorrer em caso de dúvidas.
    • Pausas planejadas. Contar é um trabalho monótono e, com o tempo, é fácil perder o foco. O planejamento das pausas ajudará com esse problema e evitará que os funcionários façam pausas por conta própria, distraindo os outros.

Guie-nos por um inventário anterior

Finalmente, uma das maiores ajudas que você pode ter em um inventário é o registro de como os anteriores foram feitos e quais dificuldades surgiram. Saber quais são os problemas usuais ajudará a evitá-los da próxima vez e registrar a metodologia ajudará a não perder tempo pensando em um novo, pois, sendo um processo anual, é fácil esquecer tudo o que foi levado em consideração de uma vez para o próximo.; e também promoverá a melhoria contínua.

Benefícios corporativos: o que é obrigatório e o que não é?

Benefícios corporativos: o que é obrigatório e o que não é?

Os benefícios corporativos garantem aos funcionários alguns direitos que visam tornar o desempenho da função profissional mais salubre e vantajosa, complementando indiretamente o salário, ao mesmo tempo em que serve como atrativo para novos talentos.

Esses auxílios são divididos entre os benefícios obrigatórios e os benefícios opcionais, sendo que os direitos impostos são garantidos pela lei do trabalho e devem ser oferecidos a todos os trabalhadores contratados pela CLT.

Assim, os auxílios mandatórios incluem:

  • Férias remuneradas;
  • 13º salário;
  • Vale transporte;
  • FGTS;
  • INSS;
  • Licença maternidade;
  • Hora extra;
  • Adicional noturno.

Por outro lado, os benefícios facultativos são oferecidos pelas próprias empresas como forma de atrair colaboradores mais capacitados, incentivar um serviço mais bem feito e executar estratégias de endomarketing que promovam o crescimento da empresa.

Muitas dessas vantagens, apesar de não serem obrigatórias, são comumente distribuídas pelas empresas que se tornaram uma prática comum no mercado de trabalho e podem ser tão atrativas para as corporações, quanto para os funcionários.

Vantagens de investir nos benefícios opcionais?

Quando as empresas adotam uma política de benefícios opcionais, elas passam a desfrutar de diversas vantagens que as tornam mais competitivas no mercado, auxiliam no desenvolvimento das atividades internas e promovem o aumento das vendas, em conjunto com o crescimento da lucratividade.

Assim, essa política serve para orientar a gerência e todo o setor de Recursos Humanos na administração e escolha das vantagens oferecidas.

Assim de modo que elas estejam de acordo com as necessidades e desejos dos trabalhadores, para que só assim a empresa consiga aproveitar por completo os ganhos desse investimento.

Entre os principais proveitos usufruídos pelas corporações, temos:

  • Atrativo para novos talentos

Ao oferecer benefícios extras aos colaboradores, como um plano odontologico para mei, as instituições agregam mais valor ao serviço prestado e disponibilizam o acesso a serviços que poderiam ser, até então, inacessíveis a esses colaboradores.

Isso faz com que a vaga disponível e a empresa em si se torne mais atraente para os candidatos mais qualificados, fazendo com que seja mais fácil a contratação de uma mão de obra que agregue mais as operações.

  • Motivador para os funcionários

Os auxílios opcionais também servem como incentivo aos funcionários já contratados, pois mostra que a empresa se preocupa com a saúde e bem-estar dos clientes internos, tanto quanto com a sua produtividade e resultados.

Essa motivação extra promove a melhora da autoestima e a confiança dos indivíduos, bem como a adoção de uma postura mais positiva e proativa, que garante um ambiente de trabalho mais leve e satisfatório.

  • Redução da rotatividade

Uma das vantagens da adoção da política de benefícios é a diminuição do turnover, ou seja, a  rotatividade de funcionários.

Isso pode causar diversos problemas na comunicação interna, no alcance das demandas de trabalho e ainda cria um clima organizacional mais negativo.

A alta rotatividade também cria diversos custos extras para a organização, reduz a lucratividade geral, impacta diretamente no crescimento do negócio e ainda pode prejudicar a imagem da marca.

  • Construção de uma imagem mais positiva da marca

O oferecimento de serviços, como um plano odonto empresarial ou de uma assistência médica, tem ainda a opção de cobrir o atendimento de filhos e dependentes dos funcionários, fazendo com que a comunidade ao redor da empresa seja impactada positivamente por esses benefícios.

Isso agrega na construção da reputação da empresa, na consolidação da credibilidade e na sua relevância perante o mercado.

Além disso, cada vez mais consumidores estão se preocupando em comprar de marcas que passam uma imagem positiva e íntegra, por isso, esse tipo de ação pode auxiliar no alcance de novos clientes.

Quais serviços oferecer?

Atualmente existe uma infinidade de serviços que disponibilizam convênios empresariais e que podem ser oferecidos a todos os funcionários.

No entanto, como dito anteriormente, é muito importante saber escolher os benefícios que melhor se adaptam às necessidades da empresa.

Entre as opções mais comuns temos:

  • Plano odontológico e assistência médica

Compreender como funciona o plano odontologico da empresa permite que os funcionários tenham acesso ao atendimento e aos procedimentos dentários que costumam ser caros e demorados.

Assim, além de todas as vantagens já mencionadas, a empresa consegue garantir a saúde dos colaboradores e a redução das faltas e do afastamento por questões de saúde.

O investimento em um plano odontologico empresarial, ou em um plano de saúde generalizado, também pode ter parte do seu valor recuperado no Imposto de Renda, se tornando ainda mais barato para as instituições.

  • Auxílio educação

Esse vale – que não costuma ser tão comum, por isso se torna um atrativo ainda mais interessante para os candidatos – consiste no oferecimento de uma bolsa parcial ou integral, que permite que o funcionário realize cursos e especializações que o ajude a desenvolver os talentos profissionais.

  • Academia e saúde mental

O cuidado com a saúde mental dos trabalhadores também é uma ótima opção para as empresas, especialmente agora que esse é um tópico que tem conquistado cada vez mais pessoas.

Para isso, a empresa pode investir na criação de uma academia dentro do próprio local de trabalho ou criar convênio com uma instituição, viabilizando o acesso dos funcionários a esse serviço. E o mesmo pode ser feito com aulas de Ioga ou de meditação.

Assim, ao procurar conhecer um pouco mais sobre plano dentario para mei ou algum outro tipo de benefício adicional, é possível estar cuidando tanto da imagem da própria organização, quanto melhorando os processos produtivos e o relacionamento com todos os colaboradores.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Como escolher um bom advogado? Siga estas 7 dicas

Como escolher um bom advogado? Siga estas 7 dicas

Hoje, muitas pessoas precisam ir a um advogado para defender seus próprios direitos no tribunal; ou para aconselhá-lo sobre um procedimento que vai realizar e assim otimizar seus recursos financeiros e jurídicos. Seja como for, muitas dessas pessoas não sabem o que procurar ao escolher um bom advogado para suas circunstâncias pessoais e / ou comerciais.

Acreditamos que escolher o advogado que melhor se adapta às suas necessidades é vital para ambas as partes; pois o advogado estará defendendo seus interesses e o cliente deve confiar nele para que ambos cheguem a um bom porto.

Este jurista tem de saber gerir a nossa consulta com atenção e carinho únicos para cada caso. Na lei, nunca existe uma varinha mágica para dar esse conselho a todas as pessoas, mas aqui para analisar as circunstâncias pessoais dessa pessoa, os fatos e os possíveis agentes externos que podem ocorrer nos meses seguintes.

É por esta razão que muitas pessoas não sabem escolher um advogado para o seu lar ou aconselhamento jurídico.

Saiba como contratar o melhor advogado do brasil – Não fique na mão com a justiça.

Que elementos devo procurar quando se trata de um bom advogado?

Aqui está uma breve lista de dicas que consideramos essenciais para ter uma melhor escolha na hora de escolher um bom advogado e contratar seus serviços.

1) Experiência:

Uma vez que os advogados tenham passado por todos os procedimentos atuais para se registrar como tal na associação profissional, eles devem ter pelo menos um diploma universitário em direito, um mestrado em acesso à profissão jurídica e; além disso, passar no vestibular estadual, embora o cargo que vai ocupar seja privado.

Ao fazer a prova do estado, os futuros advogados podem escolher entre vários ramos ou disciplinas: direito civil e comercial, direito administrativo, direito penal ou direito do trabalho e segurança social.

Depois de passar no exame, você terá acesso para representar em juízo todas as pessoas que desejar em qualquer ordem jurisdicional: civil, administrativa, criminal ou social.

Teoricamente, graças a esta formação atual, os advogados “estão mais bem formados do que nos anos anteriores”. No entanto, ao escolher um advogado, é bom que ele tenha experiência em processos judiciais e saiba do que está a falar . É um fator a ter em consideração na escolha do seu advogado.

Quanto mais tempo você estiver na profissão, melhor saberá como agir em determinados casos .

E a especialização? É um bom critério escolher um bom advogado:

Atualmente, está na moda todos os profissionais superespecializados em um assunto; Mas na profissão jurídica esse conselho não é totalmente correto.

Em princípio, um advogado pode tratar de todos os casos que quiser, visto que o advogado é um defensor dos direitos e, como tal, não pode especializar-se apenas em um deles.

Por isso, embora fosse lógico que fosse um fator determinante na escolha desse profissional; Temos que deixar claro que além da especialização do assunto, é necessário conhecer o compêndio de todo o ordenamento jurídico.

Como todos sabem, ainda não sou advogado, apenas assessor jurídico , uma vez que ainda não passei no vestibular e no mestrado em direito (estou a fazer este procedimento). Uma vez fui a uma conciliação trabalhista, onde havia dois profissionais especializados em direito do trabalho. Um deles ameaça a outra parte com um possível delito que o trabalhador teria cometido e; Terá consequências na prisão para a outra parte aceitar as suas negociações.

Esse crime descrito nunca acarretou anos de prisão, apenas multa estadual e indenização por danos. Nesse caso, vemos como um profissional do direito, sem formação adequada em direito penal, é intimidado por essa “ameaça” ao seu cliente e cede à negociação.

Isso não pode acontecer com seu advogado. Por isso, a especialização não é critério para a seleção de um bom advogado .

Na minha opinião, o bem que um advogado se especializa em uma ou duas ordens jurisdicionais; mas nunca negligencie os outros . Por exemplo, no meu caso, quero me especializar em direito tributário, trabalhista e comercial para focar meu conselho nas empresas. No entanto, o direito civil e penal não pode ser negligenciado. O primeiro deles porque todo empresário essa pessoa e; o segundo porque um dia ele pode cometer um crime.

2) Selecione um advogado que tenha uma boa equipe:

Essas deficiências que comentei anteriormente, são corrigidas de forma simples se o advogado tiver o apoio de outros profissionais especializados em outros ramos que ele não controla. Nestes casos, você deve ligar para o seu parceiro para fazer a consulta adequada, pois se tratava de uma conciliação trabalhista antes do julgamento.

3) Proximidade geográfica:

Embora não deva ser um fator determinante, na maioria dos casos é aconselhável contratar os serviços de um advogado que esteja na sua área.

É verdade que, por vezes, para questões muito específicas, podemos recorrer a um advogado especializado no assunto. Mas isso é apenas para questões específicas antes de ações judiciais.

Quando se trata de assessoria contínua para sua empresa ou negócio, recomenda-se que esteja próximo de sua localidade para marcar entrevistas pessoais e; que pode acompanhá-lo aos diferentes procedimentos que você deve realizar.

Com as novas tecnologias, é verdade que podemos contratar qualquer pessoa; mas se for fazer isso, lembre-se de que a segurança das comunicações feitas está correta . Em muitos procedimentos legais, precisamos do sigilo absoluto das comunicações. Na verdade, este segredo é um direito e um dever do advogado para com o seu cliente.

4) Estabeleça um primeiro contato com ele:

Depois de restringir sua decisão a alguns  escritórios de advocacia que atendam às suas expectativas, é melhor marcar uma entrevista ou uma primeira consulta com eles.

Nessa primeira consulta você deve buscar confiança e empatia . Veja se vocês dois se entendem ou se a personalidade de cada um entrará em conflito constante.

Nesta primeira visita, apresente o seu caso e as suas preocupações, desta forma poderá observar como o seu futuro defensor trata a questão; Quais estratégias são aconselhadas a seguir e se você se conecta para levar esse caso. O primeiro contato é vital para gerar boas expectativas e poder confiar nessa pessoa.

5) Orçamento:

Ao contratar qualquer serviço, não devemos apenas olhar para as expectativas que ele gera; bem como na confiança que gera em nós.

Também temos que ver se o orçamento que o advogado estabeleceu para seus honorários podemos pagar ou não. Aqui, não podemos dizer, como em outros sites, que serviços baratos podem ser caros. A liberdade de preços já é uma realidade e cada um pode fixar o valor que considerar adequado.

Preço nunca é sinônimo de bom serviço . Acontece até no mundo tecnológico, às vezes um aparelho com melhores características custa menos que outro pelo simples fato de não ter uma “marca”. O marketing também tem que ser pago.

Para nós, é um elemento acessório, embora logicamente um elemento a ter em conta na aprovação de um serviço.

6) O advogado deve construir confiança:

Como já dissemos, o advogado deve construir a confiança de seu cliente. É um direito e ao mesmo tempo uma obrigação.

Quando se trata de contratar um profissional gratuito, você tem que ver se está claro o suficiente com seus dados fiscais ou; ele pode desaparecer durante a noite.

Por isso, é bom que o advogado seja reconhecido por seu número de colegiado e dados fiscais.

Se, além disso, for alguém como nós que falamos em vídeos e se formos muito transparentes, daremos melhores sentimentos aos clientes que procuram um consultor ou advogado para o seu caso.

Para despertar a confiança, basta falar com ele e ver como ele te trata , quais as preocupações que ele tem … se ele é útil para o seu cliente … se ele sabe como argumentar e argumentar … Essas qualidades são frequentes percebidas com os olhos, face a face … São qualidades pessoais essenciais para escolher um bom advogado; Pessoalmente, até considero essas atitudes e aptidões qualidades melhores para um bom advogado do que a própria experiência.

Se essa pessoa é de sua total confiança, perfeito ; Mas se tiver dúvidas de que esta não é a pessoa certa, procure outro profissional com quem se sinta mais confortável e que lhe ofereça mais garantias de sucesso.

7) Acessibilidade. Para um bom advogado, todos os clientes são iguais:

O código deontológico da nossa profissão (ainda não sou advogado, mas já cumpro este código de conduta) exige que tratemos todos os casos que aconselhamos com o mesmo respeito e carinho.

Somos defensores de direitos e a igualdade é um daqueles direitos que estão mesmo consagrados na Constituição espanhola como direitos fundamentais.

Por isso, um bom profissional tratará todos os clientes com respeito, dignidade, escutará atentamente os seus problemas e circunstâncias para os aconselhar devidamente …

Se procuramos um profissional que tem muita experiência, é especialista no assunto, mas nunca tem tempo para nós, por que o contratamos? Nestes casos, é melhor encontrar alguém que leve o caso para você da forma mais personalizada possível.

Lembre-se de que, apesar de ir para uma marca ou escritório de advocacia muito notório, seu advogado não será o chefe do escritório (ele pode ou não); mas a pessoa dentro desse cargo designada a você. Ele será o seu defensor e deverá manter sigilo profissional até com o próprio patrão.

O Direito é uma profissão que deve ser digna, sujeita a princípios éticos. Lembre-se disso, pois de nada adianta estar em um escritório de advocacia com uma imagem muito consolidada; se então eles vão te atribuir aos mais inexperientes e também a quem faltam as boas qualidades para ser um bom advogado.

O que é uma Consultoria Ambiental?

O que é uma Consultoria Ambiental?

Você tem interesse em respeitar e cuidar do meio ambiente? Você gostaria de trabalhar e conseguir isso? A  Consultoria Ambiental  é uma boa forma de o fazer, e pode ajudar as empresas e instituições a respeitarem mais o meio ambiente e a cumprirem as normas e regulamentos em vigor. Se você quer saber o  que é consultoria ambiental  e quais as funções que quem a oferece cumpre, nós o convidamos a ficar conosco neste post.

Sem dúvida, as políticas ambientais são um dos aspectos que mais preocupam as empresas hoje. Muitos deles querem trabalhar pelo respeito ao Meio Ambiente, mas não sabem como o devem fazer ou mesmo se estão tomando alguma atitude que não seja benéfica para ele. Você quer ajudá-los a entender como devem cumprir as regulamentações ambientais? Quer descobrir o que é consultoria ambiental ? Nós começamos!

Para contratar uma consultoria ambiental especializada clique aqui.

Tudo sobre consultorias ambientais

A  Consultoria Ambiental  ou consultoria ambiental é um serviço que trata dos aspectos da matéria ambiental que podem afetar o desenvolvimento de uma empresa ou organização . Em outras palavras, é um serviço que algumas empresas prestam a outras para assessorá-las e auxiliá-las na regulamentação ambiental, entre outros aspectos.

A verdade é que, hoje e cada vez mais, felizmente, as empresas estão se conscientizando da importância de respeitar o meio ambiente. No entanto, muitos deles – para não dizer a maioria – não têm formação ambiental.

É um campo relativamente novo e, por isso, muitas empresas não possuem pessoal especializado no setor ou os conhecimentos necessários para respeitar o meio ambiente. Por isso,  muitas empresas terceirizam esse serviço para consultorias ambientais.

Assim, os profissionais que atuam na consultoria ambiental têm a responsabilidade de assessorar, treinar e executar determinados procedimentos nas questões relacionadas ao meio ambiente que afetam as empresas. Alguns deles podem ser gestão de aterros e resíduos, políticas ambientais ou eficiência energética.

Funções de uma Consultoria Ambiental

Você já sabe o que é consultoria ambiental, mas ainda não explicamos o que se faz nelas ou quais são as funções que nelas se cumprem. Continue lendo para descobrir  quais são as funções das consultorias ambientais!

  • Ele tem interesse em conhecer o funcionamento da empresa que contrata seus serviços.
  • Estudar os níveis de determinados indicadores ambientais no caso desta empresa.
  • Realize várias inspeções de trabalhadores e locais de trabalho para saber como eles trabalham.
  • Eles implementam sistemas de gestão ambiental.
  • Eles explicam como a legislação ambiental está atualmente.
  • Eles realizam auditorias em empresas para divulgar esses indicadores ambientais.
  • Eles avaliam o impacto ambiental da empresa.
  • Eles estabelecem políticas e ações para reduzir esse impacto ambiental ou torná-lo positivo.
  • Eles medem a qualidade do ar e outros aspectos do ambiente da empresa.

Em quais aspectos o foco está?

Embora  as consultorias ambientais  procedam a uma revisão completa da atividade da empresa, é verdade que se debruçam sobre vários aspectos específicos. Os mais importantes são água, solo, resíduos e sua gestão, energia e seu consumo, acústica e perícia ambiental.

Com foco em todos esses aspectos, especialistas em consultorias ambientais podem descobrir  qual é o impacto ambiental  da empresa no seu entorno. Além disso, nessa perspectiva, todas as medidas necessárias podem ser melhor implementadas para fazer com que esse impacto melhore o meio ambiente em vez de prejudicá-lo.

Sustentabilidade Corporativa: um desafio para as empresas do século 21

Sustentabilidade Corporativa: um desafio para as empresas do século 21

A sustentabilidade corporativa é um tema que está presente na agenda de grande parte das empresas. As equipes de gestão de hoje se preocupam com sua reputação corporativa e o impacto de sustentabilidade de suas marcas.

Os benefícios de práticas de negócios sustentáveis ​​também podem apoiar o desenvolvimento de produtos e processos inovadores que geram novas receitas, entre muitos outros. De qualquer forma, os estudos destacam que os clientes valorizam mais as empresas sustentáveis ​​do que as que não o são , pois percebem que gerenciam os possíveis riscos de forma mais explícita.

Veja também – O que faz um consultor ambiental – Empresas Sustentáveis

Como a sustentabilidade corporativa é alcançada?

Uma forte capacidade de liderança é essencial para incorporar a sustentabilidade em qualquer organização. Da mesma forma, uma linha de trabalho inteligente deve ser traçada, deixando bem claro o que sustentabilidade significa para a empresa e como ela será promovida . Se você quer abrir empresa precisa saber disso.

A consultoria Horizonte estabelece sete maneiras de alcançar a sustentabilidade :

  • Desenvolver uma estratégia de sustentabilidade corporativa alinhada com a estratégia de negócios corporativos para melhorar o desempenho dos negócios e, ao mesmo tempo, o impacto social e ambiental.
  • Compare o desempenho sustentável por setor e com respeito às melhores empresas em diferentes áreas.
  • Determinar os programas, ferramentas, processos de medição, incentivos e objetivos para garantir a correta aplicação da estratégia de sustentabilidade.
  • Verifique se os processos de compras são sustentáveis e levam em consideração os impactos sociais, ambientais e econômicos de todas as atividades da organização.
  • Use suprimentos estratégicos para economizar dinheiro e proteger o planeta.
  • Gerenciar as oportunidades, riscos e consequências de uma estratégia integrada de sustentabilidade que incorpore aspectos que antes não eram levados em consideração na tomada de decisões.
  • Crie cenários de planejamento estratégico para decifrar o impacto das mudanças nas atitudes do consumidor, bem como as decisões de sustentabilidade dos concorrentes, o custo das matérias-primas, transporte e energia, entre outros.

Empresas líderes em sustentabilidade corporativa

Conforme consta do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (Índice Mundial de Sustentabilidade Dow Jones, DJSI), ao longo de 2013 17 empresas espanholas foram um exemplo de boas práticas no domínio da sustentabilidade. Entre eles, Telefónica, Gas Natural Fenosa, BBVA, Banco Santander, Caixabank, Ferrovial, Iberdrola, Inditex, Indra Sistemas, Mapfre e Repsol.

Em relação às empresas internacionais mais sustentáveis , o DJSI destacou o bom trabalho da Siemens, Adecco, Panasonic, Nestlé, Air France-KLM, Citigroup e Bank of America Corps, entre os 333 que seleciona.

O DJSI seleciona ações das empresas mais sustentáveis ​​de todo o mundo. O relatório é baseado em uma avaliação anual das empresas e, posteriormente, juntamente com as variantes regionais da América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e Coréia, serve para desenvolver produtos financeiros que atendem à criação de valor de longo prazo.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

O que você deve esperar de uma Agência de Marketing Digital?

agencia-marketing-digital

Uma agência digital desempenha um papel vital na promoção dos negócios. Com diferentes horários de trabalho e as coisas para fazer malabarismos na vida, muitos preferem fazer as coisas com um clique de um dedo. O marketing digital ajuda a analisar suas opções e a tomar decisões rápidas em um local e horário que seja conveniente para ele. A forma como as coisas são apresentadas online ajudará a empresa a obter o máximo de vendas. É razoável esperar que aumentem as vendas e tornem sua empresa popular.

 

Torne-se a ponte entre as empresas e os clientes

A agência deve ser capaz de conectar as empresas a seus clientes-alvo e talvez ajudá-los a se manterem conectados em certos casos. Você poderia esperar que a agência fizesse as ofertas versáteis, confortáveis ​​e mais rápidas do que seus concorrentes.

 

Faça a lição de casa

Para ajudá-lo a atingir seus objetivos de marketing e entender suas prioridades, a agência deve fazer pesquisas suficientes e rápido. Eles devem ser capazes de fornecer dados em tempo real, como quantas visitas sua página, sua localização, sexo e idade, tempo de navegação, a origem do tráfego e como o tráfego mudou. O detalhamento desses dados ajudará as empresas a priorizar suas campanhas de marketing e investir seu orçamento em áreas que otimizariam os resultados.

 

Não deve queimar um buraco no seu bolso

Publicidade em outdoors, televisão e rádio pode queimar seu bolso. Uma agência eficaz aumentará seus leads por meio da automação de marketing por e-mail. Além disso, eles recomendam outros métodos que ajudariam as empresas a fazer economias substanciais.

 

Técnicas confiáveis ​​sem ferramentas enferrujadas

O que é uma técnica de marketing digital eficaz   para uma empresa pode não ser eficaz para outra empresa? As pessoas gostam de ver coisas novas e mais recentes. As mesmas técnicas antigas podem afastar as pessoas do site. Portanto, a agência deve ser capaz de apresentar as técnicas mais recentes que atraiam a atenção de seus clientes. Isso aumentará o potencial para receitas melhores e lucrativas.

 

Deve treiná-lo para competir

Indústrias menores podem ficar perplexas com o crescimento de algumas indústrias poderosas. Eles podem se sentir como uma formiga contra um elefante. Uma agência de marketing digital eficiente deve ser capaz de oferecer a você uma plataforma online adequada em relação aos seus maiores concorrentes. Com sua eficiência, eles devem ser capazes de induzir a confiança no cliente de que eles podem se manter no negócio contra todas as probabilidades. Deve treinar seus clientes para combater com indústrias maiores e marcas maiores. Deve ser capaz de oferecer técnicas de marketing eficazes e acessíveis.

 

Pode permear como o ar que respiramos?

Vivemos no mundo da web. Estamos cercados por telefones celulares, tablets, laptops e vários outros dispositivos. Eles se tornaram parte de nossa vida. Para que sua empresa sobreviva, a agência deve definir uma estratégia que permeie todos os aspectos da vida das pessoas. Isso aumentará a probabilidade, garantindo que mais pessoas visualizem seu anúncio. Assim, você terá uma abertura para atingir seu público-alvo.

 

O marketing digital eficaz não é defeituoso

Cada membro da agência de marketing digital deve ser um profissional. Eles devem ser capazes de atingir seus objetivos e metas pessoais. O serviço que prestam aos clientes deve ser descomplicado. Eles devem ser capazes de fornecer uma plataforma para o cliente analisar e comparar os preços e benefícios dos produtos. Eles devem ser capazes de se comunicar com um público amplo. O anúncio pop-up deve ter um impacto positivo no cliente.

 

Não vire as costas para o seu oponente

Algum lutador já deu as costas para o competidor e ganhou o jogo? Não. Ele está sempre observando os movimentos de seu oponente. Uma boa agência deve ficar de olho nos concorrentes de seus clientes. Essa vigilância não apenas protege o cliente financeiramente, mas também ajuda a obter uma vantagem nesse combate de marketing. Estar ciente da estratégia online de seu concorrente ajudará o cliente a capitalizar rapidamente qualquer oportunidade disponível no momento.

 

Aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana

Sua loja não precisa ser fechada em nenhum momento. O especialista em agência de marketing digital deve ser capaz de dar uma plataforma online internacional. Por não se limitar a uma determinada localização geográfica, o cliente tem a oportunidade de abrir sua loja internacionalmente. Isso lhe dará um público mais amplo. A agência deve ser capaz de postar novas ideias prontamente.

 

Quanto maior a rede, maior será a captura

Quanto mais amplo for o público-alvo, mais pessoas você alcançará. Quanto mais pessoas você alcança, mais convertidos você terá. Certifique-se de que a agência seja capaz de fornecer a você um funil de compra maior e de organizar as etapas de forma que as pessoas continuem se movendo ativamente de uma etapa para a outra. Essas etapas, quando organizadas de forma eficaz, podem transformar clientes em potencial em clientes habituais. Compreender o motivo da rotatividade do cliente ajudará a mantê-lo.

 

Velocidade e adaptabilidade

O ferreiro está sempre alerta para acertar a vara na hora certa, na temperatura certa. A era digital está se movendo em velocidade de foguete. As agências devem saber quando atacar e como atacar de forma a otimizar os resultados. As agências podem ter alguns procedimentos que podem desacelerar a atividade em tempo real. Portanto, é importante para a agência acompanhar o fator de velocidade dos consumidores.

 

O trabalho deles é apenas um show ou orientado para resultados?

Qualquer cliente gostaria de ter resultado ao contratar um agente. Mas algumas das agências podem gastar muito tempo e recursos na criação do design do site e ignorar a otimização de conversão. Embora os resultados não sejam inteiramente baseados em seu trabalho árduo, é bom investir tempo e energia nos resultados.

Existem hackers especializados. Alguns hackear apenas para se divertir, alguns para roubar tudo o que você tem. Portanto, você pode esperar que sua agência de marketing digital tome medidas para proteger seu site.