Dietas simples: como encontrar uma fácil de seguir?

Quando se fala de dietas, se fala de algo muito importante, você está colocando sua vida e sua saúde em risco. Então nossa primeira dica para encontrar a dieta ideal é: Não procure em qualquer fonte. Pense bem, dietas simples, milagrosas, aquela que a pessoa perde 15 kg em um mês desconfie sempre, procure saber se alguém realmente passou por essa dieta.

Outro ponto a ser analisado importante, é a questão de você não permitir que o racional seja jogado de lado, por causa de alguma coisa que você acredita. Então procure pela dieta simples, que seja mais lógica possível, exemplo: dieta do abacate. Analise a fruta, procure informações de várias fontes diferentes para saber se realmente o abacate tem substâncias que são capazes de te ajudar no emagrecimento. Segue algumas dicas para perder barriga no site https://www.lemaraisbistrot.com.br/como-perder-barriga-rapido/ com cardápio simples.

Procure também, perceber em familiares, amigos, ou conhecidos, alguém que possa te ajudar com experiências próprias, nunca caia naquelas ideias da dieta da luz. Dieta que não se come nada não é dieta e sim greve de fome.

Seguem algumas dicas interessantes

emagrecer

Café da Manhã:

No café da manhã, que por sinal é a refeição mais importante do dia, você deve consumir alimentos fortes, você esteve dormindo e seu corpo precisa de substâncias fundamentais.

  • Chá com 3 biscoitos (integrais de preferência) ou 1 colher de cereais;
  • 1 copo de suco de laranja (com pouquíssimo açúcar) e 1 maçã;
  • 1 copo de suco de laranja e 1 fatia de pão integral com geleia diet;

Lanche da Manhã:

O lanche da manhã, é uma refeição importante, porém deve ser considerada bem leve, então você vai optar por alimentos que permitam uma boa digestão, já preparando seu organismo para o almoço, que virá em algumas horas.

  • Iogurte desnatado;
  • Frutas da época de preferência bem maduras;
  • 1 barra de cereal, de preferência sabores naturais (evite chocolate pelo excesso de açúcar);

Almoço:

Agora sim é a hora de comer muito. Não, vá com calma, o almoço é a hora que você pode melhor combinar os alimentos, onde se tem uma grande variedade de opções para você incrementar seu prato, então seja modesto e não saia da linha.

  • Alface, uma salada de cenoura com vagem e atum. Para sobremesa você pode optar por uma saladinha de frutas;
  • Legumes cozidos como batata, xuxu, cenoura, abóbora e bife ou frango grelhado (lembrando com o mínimo de gordura possível);
  • Tomate recheado com arroz, creme de abobrinha e salada de pepino seria uma ótima combinação. Para sobremesa você pode optar por um iogurte desnatado;
  • Ovo cozido (sem gema), salada de tomate e alface e um pequeno prato de espaguete.

Ter uma rotina de dietas simples pode ser a chave para uma alimentação mais saudável

Lanche da Tarde:

Para o lanche da tarde funciona da mesma forma que o lanche da manhã é uma preparação para sua última refeição do dia, então vá com calma e mantenha a linha.

  • 1 torrada com 1 copo de suco de laranja;
  • 1 torrada com 1 fatia de queijo (branco) e 1 fruta da estação bem madura;
  • Chá verde com 3 biscoitos;

Jantar:

Chegou a última refeição do dia e é hora de conferir se você seguiu a dieta, se sim, então não é hora de decepcionar no jantar, faça por onde se alimentar bem, não vá dormir com fome, mas também não durma com a barriga explodindo.

  • Sopa de legumes, pode levar também 1 pedaço de frango com vagem e tomate, para finalizar 1 pequena xícara de chá;
  • Salada de agrião e cenoura com molho de iogurte. Mostarda refogada com alho e cebola;
  • Ovos mexidos com espinafre, abobrinha e um pouco de queijo branco, pode ser acompanhado com 1 torrada.

Esses foram alguns exemplos de como existem dietas simples, nada sofisticado e principalmente saudável e acessível ao seu bolso, não faça loucuras, nem fique um dia inteiro sem comer, acreditando ser a solução para seus problemas, emagreça comendo e comendo bem.

Como Perder Abdominal e peso Rápido

Existem muitas formas de perder muito peso rápido. Contudo, a maioria delas vai te deixar com fome e pouco satisfeito. Se você não tem uma enorme força de vontade, então a fome vai te fazer desistir do seu plano muito rapidamente. Pegamos algumas dicas do site https://premiograndesmulheres.com.br/como-perder-gordura-abdominal/

O plano elaborado aqui irá:

  • Reduzir seu apetite de forma significativa;
  • Fazer você perder peso rapidamente, sem fome;
  • Melhorar sua saúde metabólica ao mesmo tempo.

Aqui vai um plano simples de 3 passos para perder peso rápido:

perder barriga

1. Corte Açúcares e Amido

A parte mais importante é diminuir açúcares e amido ( carboidratos ).

Estas comidas estimulam a secreção de insulina ao máximo. Se você já não sabe, insulina é o hormônio que mais armazena gordura no corpo.

Quando a insulina abaixa, a gordura sai mais facilmente dos depósitos de gordura e o corpo começa a queimar gorduras ao invés de carboidratos.

Um outro benefício de baixar a insulina é que seus rins jogam o excesso de sódio e água para fora do seu corpo, que reduz o inchaço e peso de água desnecessário.

Não é raro perder até 5 kg ( ás vezes, mais ) na primeira semana comendo desta forma, de gordura corporal e peso em água.

O grupo low-carb come até completamente satisfeito, enquanto o grupo low-fat fica com restrição de calorias e com fome.

Cortar os carboidratos, baixa sua insulina e você começa a comer menos calorias automaticamente sem ficar com fome.

De uma forma simples: baixar sua insulina coloca a perda de gordura corporal ‘no automático’.

Resumindo: Remover açúcares e amido ( carboidratos ) de sua dieta vai baixar seus níveis de insulina, acabar com seu apetite e fazer você perder peso sem sentir fome.

2. Coma Proteínas, Gorduras e Vegetais

Cada uma de suas refeições deveria incluir uma fonte de proteínas, uma fonte de gorduras e vegetais com poucos carboidratos. Preparando suas refeições desta forma irá automaticamente fazer seu consumo de carboidratos ficar na faixa recomendada de 20 a 50 gramas por dia.

Fontes de Proteína:

  • Carne – Bovina, frango, porco, cordeiro, bacon, etc.
  • Peixes e Frutos do Mar – Salmão, truta, camarões, lagostas, etc.
  • Ovos – Ovos enriquecidos com Omega 3, e ovos de galinha caipira são os melhores;

A importância de comer proteínas o suficiente não pode ser desmerecida. Isto mostrou-se aumentar o metabolismo em até 80 a 100 calorias por dia.

Dietas altas em proteínas podem também reduzir pensamentos obsessivos sobre comida em até 60%, reduzir o lanchinho da madrugada pela metade, e fazer você tão satisfeito que você automaticamente comerá menos 441 calorias por dia. Simplesmente adicionando proteínas na sua dieta.

Quando a conversa é perder peso, proteína é o rei dos nutrientes, ponto final!

Vegetais com baixo carboidrato:

  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Espinafre
  • Couve
  • Couve de Bruxelas
  • Repolho
  • Acelga
  • Alface
  • Pepino
  • Salsão

Não tenha medo de carregar o seu prato com estes vegetais ‘low-carb’. Você pode comer quantidades grandes deles sem passar de 20 – 50 gramas de carboidrato por dia.

Uma dieta baseada em carnes e vegetais contêm todas as fibras, vitaminas e minerais que você precisa para ter saúde. Não há necessidade de grãos na dieta.

Fontes de Gorduras:

  • Azeite de Oliva
  • Óleo de coco
  • Óleo de Abacate
  • Manteiga
  • Banha

Coma 2 a 3 refeições por dia. Se você sentir fome a tarde, adicione uma quarta refeição.

Não tenha medo de comer gordura, tentar adicionar ‘low-carb’ e ‘low-fat’ ao mesmo tempo é receita para o fracasso. Isto fará você falhar miseravelmente e abandonar o plano.

A melhor gordura para cozinhar é óleo de coco. Ele é rico em gorduras chamadas ‘Triglicerídeos de Cadeia Média’. Estas gorduras satisfazem a fome mais que as outras e podem acelerar o metabolismo sensivelmente.

Não há razão para temer estas gorduras naturais. Novos estudos mostram que gorduras saturadas não aumentam o risco de doenças cardíacas.

Resumindo: Comece planejando cada refeição tendo por base a fonte de proteína, uma fonte de gorduras e um vegetal baixo em carboidrato. Isto irá colocar você na faixa de 20 a 50 gramas de carboidrato por dia, drasticamente baixando seus níveis de insulina.

3. Exercite-se 3 Vezes Por Semana

Você não precisa se exercitar para perder peso com este plano, mas é recomendado.

A melhor opção é ir para a academia de 3 a 4 vezes por semana. Faça um aquecimento rápido, levante alguns pesos leves, e alongue-se.

Se você for iniciante na academia, peça auxílio de um instrutor.

Levantando pesos, você queimará algumas calorias e prevenirá seu metabolismo de desacelerar, o que é um efeito colateral comum na perda de peso.

Estudos em dietas de baixo carboidrato mostram que você pode até ganhar um pouco de músculo ao mesmo tempo que perde quantidades significativas de gordura corporal.

Levantar pesos pode não ser uma opção para você, então faça algum exercício cardio leve como correr, caminhar ou nadar, tudo em moderação.

Resumindo: é melhor fazer alguns exercícios com pesos, mas se isto não for uma boa para você, o cardiorrespiratório funciona muito bem também.

Opcional – Faça uma ‘realimentação de carboidratos’ Uma Vez Por Semana

Uma vez por semana repor os carboidratos

Você pode tirar um dia de ‘folga’ por semana, onde você consuma mais carboidratos. Muitas pessoas preferem o sábado.

É importante se concentrar em comer fontes de carboidratos mais saudáveis como aveia, arroz, quinoa, batatas, batatas-doces, frutas, etc.

Mas apenas um dia de alto consumo de carboidratos por semana, porque se você começar a fazer isto com mais frequência, você não verá muito sucesso no plano.

Conscientize-se de que o ‘dia do lixo’, ou o dia da ‘realimentação de carboidratos’ não é necessário, mas ele pode regular alguns hormônios queimadores de calorias como leptina e hormônios tireoidais.

Você ganhará algum peso durante este dia, mas a maioria será peso de água, que você perderá novamente nos próximos 2 dias.

Resumindo: Ter um dia por semana que você come mais carboidratos é perfeitamente aceitável, embora não necessário.

Exercícios com corda

Muito além de ser usada nas brincadeiras das crianças, a corda pode ser aplicada em diversos exercícios diferentes para perder peso, reforçar o condicionamento físico e também a coordenação motora.

A diferença dos exercícios para a brincadeira de pular é que a corda utilizada não é aquela curta e fina, mas uma com mais de 10 metros de comprimento e até 2 polegadas de espessura. Dessa forma você precisa fazer mais força e exercitar a coordenação para movimentar o acessório.

É claro que os movimentos também não são os mesmos, afinal, não dá para brincar de pular com uma corda tão espessa e longa. Você precisa prender uma extremidade da corda em algum lugar bem firme, que não ceda, e segurar bem com as duas mãos a outra extremidade.

Em seguida, fique parada em pé e faça movimentos ondulares repetitivos, subindo e descendo os braços para movimentar a corda. Você também pode alternar as ondulações com os movimentos circulares, parecidos com aqueles usados para pular a corda.

Você pode aumentar a dificuldade para queimar mais calorias e exigir mais da coordenação, basta subir e descer o corpo enquanto movimenta a corda. Se você não tiver uma corda como a indicada acima, pode utilizar uma mangueira comum, ou uma corda mais fina dobrada em duas.

O importante é se movimentar a queimar calorias, mas, lembre-se: preste atenção na postura, não exagere na dose e respeite sempre os limites do seu corpo para evitar dores musculares. Faça também um bom alongamento e evite lesões.